.

terça-feira, 24 de março de 2015

Herberto

Em Novembro de 2012 editei este “retrato” do poeta Herberto Helder
Soube hoje que morreu ontem, quando se cumpriram cinco anos da morte de meu pai.
Há cinco anos que para mim a Primavera é uma coisa triste. 
Este filho da puta do mês de Março está cada vez mais fúnebre.  
.


2 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

SAPOnews,
12h01min,
numa mensagem (ignorante e pateta)
informava-me da morte do Poeta.
Sapo parvo.
Os poetas não morrem...

Março só lhes leva o corpo
Não é tudo, não sendo pouco

platero disse...

http://2.bp.blogspot.com/-WydH2Icnld8/VRaq9nKMJpI/AAAAAAAAWoQ/0Fdbbb8nIKM/s1600/10253830_10204106942894630_3085085189340869495_n.jpg

clic para ver pecado de senhor HERBERTO em CASTRO VERDE, enquanto funcionário da Gulbenkian

abraço